OBJETIVOS DE VIDA

Ter objetivos é parte importante para que possamos saber para onde estamos indo em nossas vidas. Para cada um é diferente, para alguns é importante que o objetivo seja algo muito concreto e detalhado, para outros ele é mais amplo e abstrato. O importante é que existam os objetivos.

Não é tão difícil encontrar pessoas que não tenha objetivos em sua vida ou que focam sua energia em apenas uma coisa. Se deixar levar ao sabor do vento ou apoiar sua vida toda num único pilar em algum momento será problemático (considerando que já não seja). Somos seres complexos, com diferentes gostos, anseios e necessidades que estão presentes em nossas relações, sentimentos e nos aspectos materiais.

Pensar em todas essas coisas que nos movem e em suprir todas satisfatoriamente pode gerar conflitos os quais temos dificuldades em lidar. Podemos estar bem nos relacionamentos familiares, mas não no amoroso, podemos estar bem no trabalho, mas não financeiramente, podemos ter a disposição as coisas que mais gostamos de fazer para nos divertir, mas não temos tempo para isso. Para cada pessoa é uma realidade e quantas podem dizer que encontram o equilíbrio em todos (ao menos nos principais) aspectos de suas vidas?

Como sempre temos cobranças, informações, pessoas que dependem ou precisam de nós e outras coisas que roubam a nossa atenção, acabamos com dificuldade de enxergar uma solução para essa questão silenciosa e, muitas vezes, despercebida de nossas vidas. Assim, é comum que muitas pessoas façam determinadas coisas pelo fato de alguém importante ou próximo delas também fazer. Nem param para pensar, simplesmente fazem. Alguém que faz algo, simplesmente porque o outro também faz e não sabe para onde está indo com aquilo que faz é alguém que não conhece muito de si mesmo.

Creio que o grande divisor de águas entre conseguir escolher objetivos de vida de valor para você mesmo e ter uma vida que faz sentido desde já (não só quando você alcançar este ou aquele objetivo) é justamente se conhecer melhor. Parar tudo e ter uma conversa com você mesmo e se questionar, questionar e questionar… Sobre as coisas que faz hoje, quais delas faz sentido, o que você gosta de fazer e o que você acha que gosta (faz por motivações externas). Sei que surgirão muitas respostas inesperadas, talvez algumas que não vamos dar ouvidos, mas o importante é a consciência do que é realidade hoje para que se possa construir o amanhã.

Há muito o que falar a respeito dos objetivos de vida, mas tendo como base o autoconhecimento podemos fazer escolhas mais acertadas, que nos trarão gratificação real.  Se você sabe quem é e aquilo que quer, pode direcionar sua vida por um caminho que lhe dê o melhor retorno. Para mais reflexões sobre o que está por vir leia: o que o futuro nos reserva.

 

Queria uma vida melhor,

Menos isso, mais aquilo.

Ser como o Fulano

Ou ter o que tem o Beltrano.

 

Cansei de tanto lutar

Sem sair do lugar.

Cansei de lamber feridas

Esperando a dor aliviar.

 

Se minhas pernas não respondem,

Não me levam em frente,

Encontrarei o que se escondem em mim.

Asas que me libertem daqui.


 

Gostou? Compartilhe o texto pelas redes sociais :)