IDEOLOGIA

IDEOLOGIA

Hoje não venho aqui escrever com base puramente em meus pensamentos, na verdade, venho abrir um espaço no blog para reflexão pela música. A música que venho comentar é de um cantor que também era poeta e, por meio de suas letras musicais, promovia a reflexão.

 

Ideologia (de acordo com o dicionário priberam): Conjunto de ideias, convicções e princípios filosóficos, sociais, políticos que caracterizam o pensamento de um indivíduo, grupo, movimento, época, sociedade.

 

Ideologia é o título de uma das mais famosas músicas de Cazuza. Nela ele fala sobre o momento em que vivia de uma forma um tanto desiludida e pessimista. O sentimento de frustração e vazio alcançado depois de anos lutando com a convicção de estar mudando a situação do mundo em que vivia até se defrontar com uma realidade contrastante com seus anseios. Ele vivenciou naquele momento a quebra de uma ilusão, acreditando que vivia uma vida que não era bem o que ele pensava ser e não sabia ao certo em que direção seguir. Será que a música lançada no ano de 1988 tem relação com a forma como levamos nossas vidas ou mesmo com a realidade que vivemos atualmente?

 

Na música ele aborda uma insatisfação com a política no país e a desilusão por acreditar que as coisas iriam mudar nesse âmbito.

 

A sua decepção por ter nascido em um meio social com boas condições, uma elite a qual se rebelou e, mais tarde, acabou percebendo-se envolvido com ela depois de passar sua vida acreditando que a estava confrontando.

 

A impossibilidade de viver puramente em seu estilo de vida de sexo, drogas e rock and roll que era destrutivo e em dado momento cria um vazio existencial.

 

No fim, Cazuza se vê em cima do muro, por um lado frustrado e cansado de tudo que vinha fazendo em sua vida, mas por outro ele não sabia ao certo o que poderia fazer. Precisava de uma ideologia para viver.

 

Acredito que esses são sentimentos comuns a todos em alguns momentos de suas vidas. Claro, que para cada um os sentimentos surgem em situações e períodos diferentes da vida, cada um tem sua própria história. Em relação a música, creio que a mensagem mais forte que fica é a de encontrarmos nossa ideologia, buscarmos uma que faça sentido para nós. Ela não precisa mudar o mundo, basta que mude o nosso mundo.






Gostou? Compartilhe o texto pelas redes sociais :)