Começar algo novo pode ser desafiador, especialmente quando não se conta com o apoio das pessoas ao redor. Mudar de trajetória no decorrer da vida pode ser malvisto pelos outros. Empreender e encarar o desafio de começar algo novo também traz maior incerteza em relação as escolhas que a maior parte das pessoas costuma fazer.

Será que empreender e passar pelo desafio de começar algo novo compensa? Antes de pensar sobre isso é importante entender ao que se refere o termo empreender. Mais do que a ideia de criar negócios, empreender remete a ter autonomia para tomar as próprias decisões para criar algo diferente, algo que seja melhor de alguma forma.

O empreendedor é a pessoa que faz uso das melhores competências para construir o seu empreendimento. Mesmo que não tenha as habilidades necessárias o empreendedor busca desenvolvê-las, assim como trabalha para aprimorar as competências que já possui.

O caminho do empreendedor pode ser solitário por muito tempo. Muitas vezes essa trajetória se resume a ser excluído ou desacreditado enquanto está buscando crescer e se consolidar naquilo que quer construir. Caso não tenha êxito a sensação de fracasso pode ser enorme e chegar ao ponto de impedir novas tentativas de empreender.

É comum que aquele que começou algo novo seja valorizado apenas quando seu empreendimento já está dando certo. É o momento quando as pessoas dizem que sempre acreditaram no seu potencial e que estão ali para te apoiar.

Parece que não há um meio termo, uma trajetória a se considerar, é a glória para quem consegue emplacar seu empreendimento e a derrota vergonhosa para quem tenta e não obtém os resultados esperados. O que leva muitas pessoas a desistirem logo ao primeiro sinal de dificuldade e tantos outros a nem cogitarem tentar empreender.

 

POR QUE É TÃO DIFÍCIL EMPREENDER?

 

Ao ler o texto até aqui você já deve ter percebido diferentes fatores que demonstram que começar algo novo tem diversos desafios a serem vencidos para que se possa obter êxito num empreendimento.

Quando se tem a ideia de criar algo novo é comum colocar como obstáculo o estar devidamente preparado. Nesse aspecto é importante considerar até que ponto essa preparação é fundamental para se iniciar algo novo.

Fica complicado iniciar algo que não se tem afinidade ou conhecimento. É preciso ter entendimento da área na qual se quer iniciar algo novo. O problema com a preparação é que muitas pessoas passam a vida se preparando para algo que nunca acontece. O estar preparado acaba virando uma desculpa para não colocar nada em prática.

Buscar o equilíbrio entre estar preparado e não deixar os planos parados é a chave para que as mudanças começam a se concretizar. Não existe uma pessoa que tenha um perfil empreendedor pronto. Cada pessoa tem um perfil e, considerando suas características, deve desenvolver as melhores competências para realizar aquilo que deseja.

Por mais que as pessoas usem como desculpa o não estar preparado ou o momento certo como desculpa para não iniciar algo novo, existe um motivo muito forte que é, provavelmente, a maior barreira para se iniciar algo novo. Estou falando da opinião das outras pessoas.

 

UMA BARREIRA CHAMADA OPINIÃO ALHEIA

 

Quem nunca deixou de fazer algo ou desistiu de alguma ideia por causa da opinião de outra pessoa? Isso acaba acontecendo no dia a dia de qualquer um. Mesmo sem perceber você pode estar deixando de fazer algo nesse momento motivado pelo que outra pessoa disse. Isso é ruim? Não necessariamente.

A opinião de outras pessoas pode ser algo muito bom, pode até nos salvar, literalmente. Saber considerar e dosar até que ponto o que os outros tem a nos dizer é importante e válido para as nossas vidas é fundamental para conseguirmos seguir nossas vidas com autonomia e autenticidade.

O problema para quem quer empreender e começar algo novo começa quando a opinião dos outros se torna a regra. Quando os outros começam a fazer você duvidar de si mesmo e desacreditar da sua capacidade de conquistar aquilo que deseja e se superar.

As pessoas estão sempre cheias de críticas que não agregam em nada e se resumem a ataques e opiniões desmotivadoras sem qualquer embasamento. A história esta cheia de relatos de grandes ideias que transformaram a humanidade, mas até que se tornassem realidade, sofreram duras críticas e nenhum incentivo.

Apesar de ser mais fácil encontrar alguém para te desanimar e criar barreiras para você empreender, isso não é regra. Nem sempre as pessoas irão emitir opiniões e dar ideias que prejudiquem um novo empreendimento. Aqueles que acreditam em você e no seu potencial poderão lhe ajudar. O importante é saber separar o que é bom e o que não é.

A forma mais simples de mensurar a opinião dos outros é verificar o quanto essa opinião se baseia em fatos e o quanto essa pessoa realmente se preocupa e torce pelo seu sucesso. Isso não elimina todas as opiniões ruins, pois mesmo pessoas que gostam e torcem muito por você podem dizer coisas que não ajudam em nada.

Para complementar esse filtro de opiniões alheias você pode pesar numa balança as ideias dos outros. Se o que lhe for falado está pendendo mais para o lado positivo, para algo construtivo, então pode ser uma boa ideia considerar o que está sendo falado. Caso contrário, descartar a opinião pode lhe render melhores resultados.

 

QUANDO O MEDO QUE COMANDA

 

A opinião alheia tem o poder de nos desmotivar, mas esse poder de influência que os outros tem é proporcional ao quanto se acredita em si mesmo. A insegurança é o grande vilão que se esconde por trás da falta de ação que é necessária para começar algo novo.

Não acreditar em si mesmo impede qualquer novo empreendimento. Não dá nem para imaginar alguém realizando algo que não acredita ser possível. O medo de errar, de não conseguir fazer aquilo que se propõe deixa muitos projetos na gaveta.

Aprender a lidar com o medo e saber que os resultados nem sempre sairão como planejado é fundamental para se ter êxito num novo empreendimento. Trabalhar a habilidade de adaptabilidade irá ajudar, pois as mudanças ocorrem constantemente. É algo que a natureza nos ensina: para se manter vivo é preciso conseguir se adaptar.

O medo pode surgir em diferentes formatos e momentos. Da mesma forma que não dá para se deixar levar pela opinião dos outros, não dá para se deixar controlar pelo medo. Acreditar no seu potencial, no seu planejamento e no quanto os seus objetivos podem lhe fazer bem são as bases para seguir confiante no seu empreendimento.

 

DANDO OS PRIMEIROS PASSOS

 

Ultrapassadas as primeiras barreiras que se apresentam quando se quer começar algo novo o percurso a se seguir se torna mais claro. Não tendo mais que se preocupar tanto com a opinião dos outros e sabendo que se tem total capacidade de empreender e começar algo novo fica mais fácil de colocar os planos em prática.

Para iniciar um empreendimento é preciso ter um bom planejamento. Dentro desse planejamento é preciso ter metas que conduzam a criação daquilo que se deseja criar. Essas metas são muito importantes e devem ser bem definidas. Valorize e comemore cada meta conquistada. A caminhada é mais importante que o ponto de chegada.

Manter o foco também é importante. É fácil se perder em tarefas que não agregam muito aquilo que se está fazendo. Por isso, se manter fiel ao que foi planejado e focar em cada meta que se está buscando alcançar resulta num melhor rendimento.

Quem está empreendendo não pode deixar-se intimidar por desafios. Problemas e situações inesperadas são acontecimentos normais no decorrer da trajetória do empreendedor. Se saí melhor aquele que consegue transformar um problema numa solução. Isso acontece quando não se percebe um problema como o fim do mundo, mas como algo natural e que pode gerar crescimento. 

Ter um mentor ou uma pessoa de confiança com mais experiência naquilo que você está construindo gera ótimos resultados. Interagir com outros empreendedores também pode ajudar muito. Se inspirar na trajetória de pessoas que você admira e que já conquistaram objetivos semelhantes ao seu também poderá ser de grande ajuda.

Lembre-se que empreender e começar algo novo pode ser algo pequeno e simples. O importante é que isso lhe traga satisfação, crescimento e bem-estar. A vida sempre pede por mudanças. Pense quais seriam as melhores mudanças para sua vida hoje. Não se prenda pelas dificuldades e acredite na sua capacidade de superação.

 

 

VOO DO DESPERTAR

 

Quem não tem base sólida

Se apoia nas ideias mais próximas

E se ancora numa boia salva-vidas.

Esquece que pode voar.

 

Acreditar em si mesmo

E no seu potencial

Não é apenas uma crença,

Mas uma força primordial.

 

O nascimento de uma ideia

No mundo da matéria

Demanda força e coragem

Aceitação e vontade.

 

Somente sem amarras

A sua luz poderá voltar

Para encontrar em si mesmo

As asas para voar.

Rodrigo Poiesis
Últimos posts por Rodrigo Poiesis (exibir todos)