Pessoas falsas podem ser encontradas onde menos se espera. Familiares, colegas de trabalho, vizinhos e até melhores amigos podem acabar se revelando pessoas falsas. Conviver com esse tipo de indivíduo costuma trazer problemas, por isso, é importante conseguir reconhecer e saber como lidar com pessoas falsas.

Você já deve ter encontrado mais de uma pessoa falsa na sua vida. Provavelmente, essas experiências trouxeram experiências desagradáveis. Acredito que nesse exato momento você esteja relembrando algum episódio de sua vida no qual alguém falso fez algo que lhe marcou de forma negativa.

A sensação de ser usado, enganado, ter sua intimidade exposta por alguém em quem você confiava é devastadora. Em muitas ocasiões as consequências das ações das pessoas falsas não chegam a machucar tanto quanto a dor pela quebra da confiança e do sentimento de ter sido enganado por alguém que se confiava muito.

A ferida deixada por experiências com alguém falso pode levar muitas pessoas a se fecharem e sentirem medo de deixar outras pessoas se aproximarem delas. Mas não dá para viver sem confiar em ninguém nem achar que todas as pessoas são falsas. É preciso entender o comportamento das pessoas falsas para conseguir lidar com elas.

 

O COMPORTAMENTO DAS PESSOAS FALSAS

 

Para conseguir entender o comportamento das pessoas falsas é preciso saber que elas não percebem as coisas da mesma forma que você. Para elas é natural se aproveitar das outras pessoas para conseguirem o que querem. A visão de mundo delas é limitada a elas mesmas, aos seus próprios objetivos.

Em resumo, pessoas falsas são muito egoístas. A falta de percepção dos sentimentos dos outros se reflete numa grande falta de empatia. Quando fazem algo pelos outros é porque estão planejando algo. Fazer algo que beneficia os outros é realizado com esforço e desagrado e não é feito sem um objetivo por trás.

Para conseguir o que querem as pessoas falsas manipulam os outros. A manipulação está ligada uma grande capacidade de mentir e de colocarem os outros como vilões.  Aqueles que são falsos são sempre as vítimas ou heróis das suas próprias histórias.

É comum ver pessoas falsas tentando agradar para se aproximar dos outros. Elas mudam sua postura e opiniões conforme a sua necessidade de se aproximar de alguém. Gostam de estar em grupos fechados onde podem ser o centro das atenções e espalhar boatos com maior facilidade.

A fofoca é a grande arma das pessoas falsas. Se aproximam de alguém falando de um terceiro esperando reunir mais informações de uma determinada pessoa. O elo de ligação de quem é falso com as outras pessoas está em falar mal dos outros, da situação ou de qualquer coisa que alimente algum descontentamento.

Elogiar ou reconhecer os méritos dos outros não é com as pessoas falsas. Se expressam algo de positivo de alguém é para as depreciar com algo maior em seguida. Se percebem que surgiu uma oportunidade para alguém próximo ou que essa pessoa pode se destacar, logo usam artifícios para desencorajar a tentativa de crescimento do outro.

 

FRAGILIDADE MASCARADA

 

Toda manipulação e as máscaras que as pessoas falsas usam esconde uma grande insegurança e baixa autoestima. Por mais que se coloquem num pedestal não acreditam de verdade em si mesmas. Por não serem capazes usam as outras pessoas para conseguirem o que querem e as desmerecem para se sentirem superiores.

A vida de quem é falso é solitária, pois é uma vida mascarada onde os outros não conhecem quem ele é de verdade. É uma fuga constante de si, de encarar sua condição de ser humano que é suscetível a erros, defeitos e que encontra na humildade as maiores condições de crescimento. 

Por estar insatisfeito com a própria vida o falso vive uma fantasia de si mesmo. Se coloca como alguém que não é e foge da possibilidade de encarar quem é de verdade. Ao primeiro sinal de que terá que enfrentar suas fragilidades o falso se refugia na vida de outro alimentando intrigas e se sentindo superior sempre que coloca alguém para baixo.

A sobrevivência do modo de vida de quem é falso acontece enquanto essa pessoa não é identificada como sendo falsa. Tal como um camaleão que não é notado e se camufla na floresta, os falsos buscam não serem notados. Alimentam intrigas e colocam lenha na fogueira sem se envolverem diretamente nas situações.

Não é difícil perceber o quanto qualquer tipo de relacionamento com uma pessoa falsa é tóxico. O falso pode estar logo ao lado, um familiar, um colega de trabalho, um novo “melhor amigo”. É preciso estar vigilante, pois são nos momentos de maior fragilidade e sofrimento que o falso encontra as melhores oportunidades para se aproximar.

 

COMO LIDAR COM PESSOAS FALSAS

 

É preciso saber como lidar com pessoas falsas para não ser usado ou envolvido em intrigas por elas. A principal forma de evitar pessoas falsas é não cultivar hábitos que as atraiam. As pessoas falsas precisam de um ambiente propício para disseminar suas intrigas e envolver as pessoas em suas manipulações.

Não faça fofocas ou fique se concentrando na vida dos outros. Procure não se expor, não fique falando dos seus sonhos e conquistas para qualquer um. O falso se alimenta de fofocas e informações das pessoas que podem ser distorcidas e usadas posteriormente em suas manipulações.

Se afastar do falso é sempre um remédio eficiente, mas nem sempre é possível. Manter a distância e o contato ao mínimo necessário pode ser o suficiente.  Mas se não for, não se deixe levar pelas situações armadas por quem é falso.

Não entre em discussões. O falso irá procurar alguma forma de lhe expor e fazer com que você perca a paciência é uma tática poderosa. Por mais que você tenha a intenção de desmascarar o falso, isso não irá mudar quem ele é e irá te desgastar no processo. Além disso, é bem provável que você saia como o vilão da história.

Se você tem que conviver com alguém que é falso é possível evitar possíveis mal-entendidos futuros sempre expondo suas ações e intenções claramente para todos. Dependendo da situação, como no ambiente de trabalho, vale documentar suas ações para se resguardar.

Seja paciente. Quem é falso, fala mal dos outros e alimenta intrigas acaba se revelando em algum momento. Pode ser que em algumas situações as atitudes da pessoa falsa não sejam percebidas pelos outros e sua postura seja incentivada. Nessas situações é importante se questionar se vale a pena se manter no ambiente que está.

Valorize a si mesmo e as suas conquistas. Não espere pela valorização e reconhecimento dos outros para se sentir bem por algo que fez bem. Muitas vezes as pessoas ao redor não lhe darão o devido reconhecimento, nem perceberão o seu valor. Encontre em você a motivação para seguir se superando e aperfeiçoando.

Invista no seu desenvolvimento pessoal.  Não seja refém dos acontecimentos ou da manipulação de outras pessoas. Se torne mais resiliente e saiba como utilizar a inteligência emocional a seu favor. Procure se conhecer melhor e saiba como lidar melhor com as pessoas se dedicando ao seu aperfeiçoamento pessoal.

 

 

Como lidar com pessoas falsas - Infográfico - Poiesis

Rodrigo Poiesis
Últimos posts por Rodrigo Poiesis (exibir todos)