O pensamento crítico é a capacidade de analisar conteúdos, situações e fatos com o uso de argumentos, ponderação e imparcialidade. É um processo de pensamento autodisciplinado que busca construir um julgamento sobre algo da forma mais precisa, clara e relevante.

Seja para formar cidadãos mais conscientes ou profissionais mais qualificados, entender como desenvolver o pensamento crítico irá agregar benefícios em diferentes áreas da sua vida e possibilitar melhores resultados nas escolhas feitas no dia a dia.

Para se formar uma opinião utilizando o pensamento crítico é preciso passar por um cuidadoso ato de reflexão. Essa construção mental não acontece de um momento para o outro. É preciso se preparar para isso, absorver diferentes tipos de informações e procurar entender a situação por diferentes ângulos.

 

ATITUDE CRÍTICA OU PURA CRÍTICA

 

Estar aberto ao desconhecido e ter a humildade de ser um eterno aprendiz não são condições tão valorizadas atualmente. A posição de estar sempre certo é supervalorizada ao ponto que o entendimento do que é certo e errado vai se distorcendo para se manter um ponto de vista individual como correto.

A atitude crítica é uma análise de algo com base nas ideias das outras pessoas e a percepção individual de quem realizada a atitude crítica. Na atitude crítica se percebe algo que não condiz com o que é aceito pela maioria das pessoas. Dessa forma, a atitude crítica nega e questiona o entendimento estabelecido pelo senso comum.

Quando alguém tem uma atitude crítica se restringindo a negar, falar mal, contrariar outro ponto de vista apenas para tentar manter o seu ponto de vista como correto, é o que costumamos entender popularmente como crítica, que remete a algo negativo. É quando a crítica se torna sinônimo de falar mal, de ser do contra, de atacar o outro.

O ato de criticar pelo fato de estar incomodado com algo, por tentar transferir sua insatisfação e mal-estar aos outros e não se preocupar em buscar um melhor entendimento da situação não gera resultados positivos. É uma ação que não pode ser confundida com a atitude crítica que inicia a construção de um pensamento crítico.

 

DANDO INÍCIO AO PENSAMENTO CRÍTICO

 

Para se desenvolver o pensamento crítico é preciso passar por essa fase inicial de questionamento da atitude crítica, mas sem deixar-se envolver pelo ego e pela necessidade de estar sempre certo. A atitude crítica deve vir livre de preconceitos e direcionar a uma análise da situação. A partir desse ponto temos o pensamento crítico.

O pensamento crítico parte de um questionamento, de uma contestação, que nasce com a atitude crítica e busca uma nova resposta para o que está sendo questionado.  Essa procura acontece com uma análise mais profunda que uma reflexão habitual e busca a resposta mais precisa, clara e relevante.

O processo do pensar criticamente inicia quando o indivíduo consegue se manter imparcial e procura diferentes formas de perceber o problema. Com base em diferentes referências e argumentos faz uso da lógica para encontrar as respostas mais coerentes e precisas aos seus questionamentos.

 

DESENVOLVENDO O PENSAMENTO CRÍTICO NA PRÁTICA

 

Um dos principais meios de se desenvolver o pensamento crítico é com a leitura. A leitura de diferentes conteúdos de qualidade aumenta o conhecimento, torna o leitor mais criativo, facilita a abstração de situações que ocorrem na rotina e contribui para um pensamento crítico.  

É possível expandir o aprendizado obtido por meio da leitura e integrar acontecimentos, experiências e pensamentos numa conversa que crie um diálogo construtivo. Debater diferentes assuntos também é uma forma importante de desenvolver o pensamento crítico.

Vale ressaltar que uma conversa saudável não é feita de brigas ou disputas para decidir quem tem o ponto de vista correto e sair vitorioso da discussão. Uma conversa saudável é aberta a diferentes formas de pensamentos e opiniões e não tem objetivo de estabelecer quem está certo, mas buscar um crescimento compartilhado.

Outra forma de exercitar o pensamento crítico é procurar e se aprofundar em diferentes temas. Isso amplia suas referências e contribui para o entendimento de novos assuntos, para o aprofundamento em temas diversos e para a construção de novos pensamentos no processo do pensamento crítico.

O estudo de diferentes temas, a busca por notícias e informações confiáveis deve ser constante para quem busca o pensamento crítico. A preguiça mental e a procrastinação estão sempre à espreita para lhe deixar estagnado no comodismo. É possível mudar isso ao não aceitar ideias e conceitos prontos e buscar maior entendimento da situação.

Ao aliar novos conhecimentos a experiência existente é possível ter novas percepções de algo. Ao pesquisar e conectar as informações com aquilo que já se conhece novos questionamentos e conclusões vão surgindo.

A observação é outra aliada do pensamento crítico. Observar o mundo, as interações humanas, os acontecimentos em geral, resulta em novos pensamentos e promove a captação de novas informações. A observação deve ter um olhar questionador. Questionar suposições e premissas é o que dará início ao pensamento crítico.

Na observação é importante fugir do instinto de colocar tudo dentro de conceitos prontos com prejulgamentos e não desenvolver a reflexão sobre o que se observa. É preciso estar aberto ao diferente e a novos pensamentos.

 

ABRACE O NOVO

 

Procure manter uma postura de curiosidade, se questionando como poderia fazer as coisas que faz de outra forma. Ao buscar novos meios de realizar aquilo que já costuma fazer você poderá alcançar novos resultados.

Ao exercitar o pensamento crítico com a análise, comparação e a busca pelo novo você tem a oportunidade de rever suas ações, aprimorá-las, decidir se está no caminho correto e não se deixa mais conduzir pelo pensamento dos outros. Você forma suas conclusões com mais segurança e se torna mais autoconfiante.

A disposição de aprender algo novo é a base o pensamento crítico que se renova a cada informação obtida e se adapta a diferentes situações. Com isso é possível adquirir uma flexibilidade de pensamentos que não se restringe apenas pelo que já se conhece e possibilita a evolução do pensamento e da criação do novo.

Rodrigo Poiesis