Believer é uma das músicas que compõe o álbum Evolve lançado no ano de 2017 pela banda norte-americana Imagine Dragons. De acordo com o vocalista da banda, Dan Reynolds, a música Believer é uma das suas músicas mais pessoais. Ela fala de momentos difíceis que viveu e da escolha que tinha diante dele: alimentar a dor e prosseguir vivendo no sofrendo ou tornar essa dor sua maior força.  

Assim é a letra de Believer, com reflexões, sentimentos a flor da pele, escolhas e muita superação. Fala da importância de pararmos, mesmo que por um momento, e olharmos para trás e agradecer pelas dificuldades que superamos e o quanto podemos aprender com elas. Nas palavras de Dan:

Believer’ trata de adotar uma nova perspectiva, dar um tempo da estrada, para ficar saudável e olhar para trás, para os tempos difíceis, e ver que eles na verdade me ajudaram a crescer como ser humano. Na verdade, eu sou grato por aquilo, de certa forma. A música é sobre isso.”

Album Evolve - Imagine Dragons

 

Tradução da música Believer (site letras)

CRENTE

 

Em primeiro lugar

Vou dizer tudo que estou pensando

Estou irritado e cansado do jeito

Como as coisas têm sido, oh-ooh

O jeito como as coisas têm sido, oh-ooh

Em segundo lugar

Não me diga o que você acha que eu poderia ser

Eu estou sozinho no barco, eu sou o mestre do meu mar, oh-ooh

O mestre do meu mar, oh-ooh

 

Eu fui destruído desde pequeno

Levando meu sofrimento pelas multidões

Escrevendo meus poemas para os poucos

Que me encaravam, me levavam, me sacudiram, me sentiram

Cantando com um coração partido pela dor

Captando a mensagem que está em minhas veias

Recitando minha lição de cabeça

Vendo a beleza através da

 

Dor!

Você me fez, você me fez acreditar, acreditar

Dor!

Você me destrói e me reconstrói, crente, crente

Dor!

Oh, deixe as balas voarem, oh, deixe-as chover

Minha vida, meu amor, minha motivação, eles vieram da

Dor!

Você me fez, você me fez crente, crente

 

Em terceiro lugar

Faça uma oração para aqueles que estão lá em cima

Todo o ódio que você ouviu

Transformou seu espírito em uma pomba, oh-ooh

Seu espírito se elevou, oh-ooh

 

Eu estava sufocando no meio da multidão

Elevando minha chuva até uma nuvem

Que caía como cinzas no chão

Esperando que meus sentimentos se afogassem

Mas eles nunca se afogaram, sobreviveram, livres e soltos

Inibidos, limitados

Até que tudo se abriu e a chuva caiu

A chuva caiu como

 

Dor!

Você me fez, você me fez crente, crente

Dor!

Você me destrói e me reconstrói, crente, crente

Dor!

Oh deixe as balas voarem, oh, faça-as chover

Minha vida, meu amor, minha motivação, eles vieram da

Dor!

Você me fez, você me fez crente, crente

 

E por último

Pela graça do fogo e das chamas

Você é a face do futuro

O sangue em minhas veias, oh-ooh

O sangue em minhas veias, oh-ooh

Mas eles nunca se afogaram, sobreviveram, livres e soltos

Inibidos, limitados

Até que tudo se abriu e a chuva caiu

A chuva caiu como

 

Dor!

Você me fez, você me fez crente, crente

Dor!

Você me destrói e me reconstrói, crente, crente

Dor!

Oh deixe as balas voarem, oh, faça-as chover

Minha vida, meu amor, minha motivação, eles vieram da

Dor!

Você me fez, você me fez crente, crente

 

 

FICA A REFLEXÃO

 

Quantos de nós conseguem transformar sua dor em força?

É comum andarmos pelas ruas e ouvir pessoas reclamando da vida. Pessoas que percebem seus problemas como os piores do mundo. Muitas dessas pessoas não aceitam sequer serem questionadas ou confrontadas com perspectivas diferentes das delas.

Num mundo onde tantas pessoas buscam aparentar que não tem problemas fica difícil lidar abertamente com isso. Aqueles que expõe seus problemas geralmente o fazem para culpar agentes externos, se colocam em posição de vítimas e injustiçados. Se esse é o normal da sociedade todo aquele que lida com seus problemas de forma construtiva é estranho, diferente.

Não dá para esperar que o mundo mude para se encaixar na sua forma de ver o mundo. Grandes mudanças sociais levam tempo e vão se solidificando a cada nova geração. Novas crenças e formas de lidar com a vida vão surgindo lentamente. Quem percebe que o normal pode não ser o melhor para si, sofre ao tentar se forçar dentro de padrões que não condizem com a pessoa que é de verdade.

Desse conflito, dessa dor, é possível retirar forças que irão impulsioná-lo para novos patamares. É preciso fazer uma escolha. Você pode continuar seguindo por um caminho que está lhe sufocando e fazendo sofrer no qual se esforça para fazer parecer que está tudo bem e dentro da normalidade. Como pode escolher seguir seu coração e optar em seguir seu próprio caminho, encontrar seu potencial e ser quem é de verdade.

Para encontrar a si mesmo é preciso que você confronte seu eu interior e se apazigue com ele. Ao se encontrar com você mesmo, conforme a reflexão da música, você poderá olhar para trás e perceber que as dificuldades lhe ajudaram a se tornar a pessoa que é. Percebe que o erro faz parte do processo, mas ele não define quem você é.

 

Rodrigo Poiesis
Últimos posts por Rodrigo Poiesis (exibir todos)