A diferença entre uma vida de bem-estar e grandes conquistas e uma vida desequilibrada e medíocre pode estar nos seus hábitos. Se você não está satisfeito com algo na sua vida, saiba que você pode melhorar isso alterando seus hábitos. Para lhe ajudar com isso apresento nesse texto 7 dicas para mudança de hábitos.

O hábito é algo mais poderoso do que a maioria das pessoas imagina. Pense numa pessoa de sucesso que você admira. Saiba que são os hábitos dessa pessoa que fazem ela ser quem é. São os hábitos desenvolvidos ao longo da vida dela que a fizeram chegar ao sucesso.

Mais poderoso do que manter bons hábitos é ter a capacidade de mudar de hábitos. Essa capacidade de ser flexível e aberto a mudanças pode ser o ponto de virada da pessoa que você é para a pessoa que você deseja se tornar.

Os hábitos são atividades que fazemos com frequência e estão incorporados a nossa rotina. São ações que acabam se realizando de forma automática e que geram algum tipo de recompensa para quem que a faz.

 

HÁBITOS PODEM SER VILÕES OU HERÓIS

 

Cada pessoa pode ter hábitos ruins como falar alto em momentos inapropriados, comer em excesso ou chegar atrasado, por exemplo. Nem sempre é o hábito em si que é ruim, mas as consequências que ele desencadeia, como o hábito de encher o prato e comer demais em cada refeição que nos conduz ao excesso de peso e prejudica a saúde.

As pessoas também desenvolvem hábitos saudáveis como tomar banho, a prática de exercícios físicos, ler conteúdo de qualidade, entre outros. Esses hábitos tem o poder de gerar resultados positivos, como a prática regular de exercícios físicos que, além de auxiliar no controle do peso, contribui para a saúde como um todo.

Se analisarmos friamente o que um hábito tem o poder de fazer podemos nos perguntar: se os hábitos podem desencadear resultados que tem o potencial de mudar a vida de quem os vivencia, porque não selecionar os melhores hábitos para poder ter uma vida incrível?

No raciocínio você percebe que as coisas podem se tornar simples, mas o grande desafio para mudar seus hábitos está na prática. A mudança de um hábito exige força de vontade e persistência. É preciso ter consciência do que se está fazendo para atingir os melhores resultados.

Não dá para sair mudando todos os seus hábitos à medida que eles vêm à tona e sem um planejamento. Por isso, é importante ter um ponto de partida. Acompanhe a seguir 7 dicas para mudar seus hábitos que poderão lhe ajudar a ter mais qualidade de vida e alcançar seus objetivos.

 

1 – UM HÁBITO DE CADA VEZ

 

Você sabe que eliminar um hábito ruim é bastante difícil, por isso, comece trocando um hábito que não quer mais praticar por um hábito que seja benéfico. Isso proporcionará uma mudança mais tranquila na sua rotina e possibilitará que não sinta mais falta do hábito prejudicial.

Mas se eliminar, ou substituir, um hábito ruim é difícil, imagine fazer isso com vários hábitos ao mesmo tempo. Sem condições. Por isso, um passo de cada vez, especialmente se você estiver começando a se acostumar com essa substituição de hábitos. Depois que obtiver êxito na substituição de um hábito, comece a mudar outro.

Uma boa dica é iniciar com um hábito fácil de mudar. Procure um hábito que não tenha muito envolvimento emocional, que não vá impactar muito na sua rotina e que você consiga, desde já, se imaginar vivendo sem ele.

 

2 – ENTENDA O SEU HÁBITO

 

Antes de iniciar qualquer ação de mudança de hábito é preciso identificar se o hábito é positivo ou negativo para você. A partir do momento que você identificou um hábito que deseja mudar é preciso entender em que situações esse hábito acontece. Também é importante entender o que o desencadeia e o que faz você repetir esse hábito.

Para ficar mais claro, vamos usar como exemplo o consumo do cigarro. Pode ser que você esteja querendo parar de fumar, mas quando surge uma situação estressante, lá está você, novamente fumando. Bom, aqui já dá para identificar que situações de estresse, possivelmente de ansiedade também, são um gatilho para o uso do cigarro.

Em momentos que você se sente estressado ou ansioso o que você mais quer é se acalmar. O desejo que desencadeia o uso do cigarro é de se acalmar, colocar as ideias em ordem, fazer passar aquela sensação ruim. Você sente que o cigarro o faz relaxar e essa é a recompensa pelo seu uso, é o gatilho que faz surgir a vontade de fumar.

Poderia ter citado a bebida alcoólica ou o consumo de doces para esse mesmo exemplo. Independente do hábito, o importante é entender como ele acontece. A partir do momento que você sabe em que situações um hábito surge, o que o desencadeia e que tipo de recompensa ele lhe dá para que você volte a praticá-lo, fica mais fácil de alterá-lo.

 

3 – ENCONTRE UM SUBSTITUTO

 

A partir do momento que você entendeu o hábito que deseja mudar é possível identificar quais os gatilhos que o fazem vir à tona. Evitar os gatilhos poderá auxiliar nesse processo de eliminação de um hábito indesejável, mas pode não ser o suficiente.

Eliminar um hábito e deixar um vazio naquele espaço em que você estava acostumado a fazer algo torna a adaptação mais difícil. Encontrar um hábito substituto irá facilitar bastante. Esteja atento que ao eliminar um hábito prejudicial você deve procurar um que seja benéfico para você para colocar no lugar.

 

4 – PRATIQUE ATÉ QUE SE TORNE UM HÁBITO

 

Um comportamento não se torna um hábito de um dia para o outro. A partir do momento que você definiu qual atividade será a mais adequada para substituir o hábito que deseja eliminar, levará um certo tempo para que se crie um novo hábito. É preciso praticar constantemente e se acostumar com o novo comportamento.

O tempo para se mudar um hábito depende. Isso é algo que pode variar de pessoa para pessoa. Um estudo realizado pela University College de Londres pode ajudar a responder essa questão. De acordo com os resultados da pesquisa o tempo para um comportamento ser incorporado a rotina é de 66 dias.

Isso não quer dizer que você tem que ficar contado os dias e esperar pelo número mágico que irá determinar se uma mudança de comportamento se torna um hábito ou não. Na verdade, você deve se libertar dessa pressão, o que nos leva a próxima dica para mudar seus hábitos.

 

5 – NÃO APRESSE OS RESULTADOS

 

Não encare a mudança de hábito como um esforço amargo que você é obrigado a fazer. Se for mudar um comportamento, faça isso porque você quer se sentir melhor, porque deseja melhores resultados. Mantenha seu foco nos benefícios que essa mudança pode trazer a cada dia e não fique esperando pelos resultados que virão no futuro.

Alguns comportamentos podem ser mais complexos e necessitam de maior esforço para que sejam alterados. Não tente mudar o hábito totalmente de uma vez, certos comportamentos podem ser alterados aos poucos. Se você quer começar a correr, mas é sedentário, você não irá começar com uma maratona.

É importante viver mais intensamente cada dia e se libertar um pouco do futuro. Nós levamos anos solidificando um hábito, mas queremos substituí-lo por um novo em poucos dias. Simplesmente comece a praticar o novo comportamento e esqueça do antigo, se permita viver esses novos momentos que você está construindo.

 

6 – AVALIE OS RESULTADOS

 

Não adianta se planejar, se preparar e iniciar um processo de mudança de comportamento se os resultados que estiver alcançando não estiverem sendo benéficos. A medida que for colocando as mudanças em prática esteja atento aos resultados que está gerando, se estão dentro das expectativas, se são bons.

Acompanhar e avaliar o processo pode lhe ajudar também a ir ajustando e se adaptando a imprevistos ou situações que devem ser revisadas. Mudanças simples talvez não precisem de tanto acompanhamento, mas sempre é importante verificar os resultados que está tendo e se eles podem melhorar.

Essas 7 dicas para mudar seus hábitos podem ajudar muito a medida que você as coloca em prática. Se ao avaliar os resultados você percebe que tem dificuldades, que não está conseguindo superar ou não está atingindo os resultados esperados, procure por ajuda em pessoas que tenham condições de impulsionar o seu crescimento.

 

7 – VALORIZE CADA PASSO DADO

 

A última dica da lista se refere a algo agradável, mas que frequentemente as pessoas deixam de fazer. Valorizar cada conquista, cada passo dado em direção aos seus objetivos. Não importa se os objetivos são grandes ou pequenos, nossas conquistas devem ser valorizadas e servir de impulso para novas caminhadas.

Se você não deve apressar os resultados, nem ficar ansioso esperando pelo momento em que uma mudança de comportamento se torne um hábito, também é verdade que o período até mudar de hábitos pode se tornar desmotivador.

É importante ter pequenas metas marcando seus avanços e o motivando a seguir em frente. Por isso, valorize cada etapa, use recompensas, vá registrando as mudanças e o que vai aprendendo ao longo do caminho. Você tem o poder de fazer de cada dia melhor e transformar a sua realidade. Faça bom uso desse poder!

 

7 Dicas para mudar seus habitos - Infografico

Rodrigo Poiesis
Últimos posts por Rodrigo Poiesis (exibir todos)