5 DICAS PARA LIDAR COM A FRUSTRAÇÃO

5 DICAS PARA LIDAR COM A FRUSTRAÇÃO

A frustração é um sentimento negativo que acompanha a sensação de fracasso, de que algo deu errado, de um resultado que não correspondeu a uma expectativa. Conforme o último texto aqui do blog, expectativa é sinônimo de frustração, o ato de criar expectativa em relação as coisas que fazemos é algo natural. Estamos sempre esperando ou imaginando um determinado resultado de algo.

 

O problema não está na expectativa, mas na forma como lidamos com ela. A frustração é o resultado da nossa falta de flexibilidade em relação aos resultados que ocorrem. Em não conseguir lidar com naturalidade frente a inconstância dos acontecimentos. Ao ter uma visão mais ampla do que ocorre ao seu redor você pode sair da situação de vítima dos resultados e perceber possibilidades de lidar com tudo que acontece.

 

A sensação de impotência para mudar os acontecimentos ou de fracasso em resultados que você esperava que fossem diferentes são sentimentos que podem colocar qualquer um para baixo. Quando se repetem podem criar um ciclo de sofrimento em que a pessoa passa a ver os acontecimentos da sua vida como um fracasso atrás do outro.  Mas isso não é verdade e você pode mudar a situação. Para ajudar com isso destaco abaixo 5 dicas práticas que, se incorporadas em sua rotina, irão ajudar bastante a lidar com a frustração.

 

1 – É POSSÍVEL MUDAR A SITUAÇÃO?

 

Diante de uma situação de frustração pergunte-se se é possível mudar algo. Se este for um acontecimento que foge de qualquer influência sua, se os resultados não puderem ser alterados de alguma forma, então se liberte disso. Pois nada mais depende de você, a vida continua e ela segue sempre em frente, então não pare para se lamentar com algo que você não pode mudar e nem está lhe trazendo algo de bom.

 

Pode ser que nesta situação você possa alterar algo ainda, tentar remendar o que não está funcionando e, por causa do sentimento de erro ou fracasso que lhe incomoda você insiste em mudar para tentar se livrar do que sente. Mas, neste caso, você também deve se perguntar se vale a pena insistir. Por mais que você consiga interferir de algum modo nos acontecimentos, isso não quer dizer que você tenha que fazê-lo. Ao invés de insistir em algo que não está lhe dando bons resultados, procure um novo projeto, um recomeço, fazer algo diferente. Não insista em alimentar o ciclo de algo que não lhe faz bem.

 

2 – NECESSIDADE OU DESEJO?

 

É muito comum confundirmos aquilo que desejamos com aquilo que necessitamos para viver bem. Os desejos costumam ser muitos e variados, já o que necessitamos não. Por isso, quando se sentir mal com algo que aconteceu diferente do que você esperava, pergunte-se o quanto aquilo realmente é importante para você. Deixar de receber reconhecimento, um elogio ou um agrado pode não interferir em nada na sua vida, mesmo você sabe o quanto se esforçou para fazer algo. Mas quando isso acontece constantemente com alguém que convive próximo de você pode ser difícil, pois a outra pessoa pode não estar lhe enxergando e valorizando. Ser percebido e valorizado pode ser uma necessidade para que o relacionamento prossiga.

 

Uma mesma situação pode representar uma necessidade ou um desejo para diferentes pessoas, cada um sabe aquilo que realmente importa para si. Mas note que quanto menos necessidades ou desejos você impor na sua vida para ser feliz, mais feliz você será. Quanto menos depender de resultados esperados, mais livre você estará para receber o que a vida lhe oferece.

 

3 – DIGA NÃO A CULPA!

 

Quando alguma coisa não sai como se espera é comum a pessoa achar que a culpa é dela. Que ela poderia ter feito algo diferente ou se perguntar o que fez de errado para ter tido aquele resultado. O ego pode nos fazer parecer maior do que somos e mais responsáveis pelas situações do que geralmente somos. Os acontecimentos se desenrolam por uma conjunção de fatores. Querer dar uma de mártir e se agarrar ao sofrimento não irá salvar ninguém e só irá lhe fazer sentir mal.

 

Pode ser que você tenha errado e muito e acabou gerado resultados desagradáveis para você e para outros, mas nem por isso ficar carregando culpa irá ajudar em algo. Essa relação com a culpa de abraçar e chorar não resolve nada, nem faz bem a ninguém. O melhor que podemos fazer quando geramos um resultado negativo é refazer o que foi mal feito (quando isso for possível) ou seguir em frente levando consigo o aprendizado e dizendo não a culpa, pois o erro nos serve de aprendizado e não castigo (leia também medo de errar). Ouvir o coração e buscar o bem naquilo que fazemos é a melhor bússola que podemos ter para nos guiar.

 

4 – NÃO ABRA MÃO DO QUE LHE FAZ BEM

 

Quando surge a frustração o sentimento de culpa pode não ser o bastante, além de se martirizar e se sentir mal a pessoa pode mudar de comportamento, deixar de fazer coisas que costumava fazer e se isolar. Pode ser que a frustração venha de um resultado ruim de algo que gostava muito de fazer e desistiu de fazer por causa desse resultado frustrante que vivenciou. Em momentos assim é comum esquecer de todo um histórico de resultados bons para se apegar apenas a um ruim.

 

Por mais doloroso que seja um resultado frustrante, as pessoas não são definidas apenas por um acontecimento. Deixar de fazer aquilo que gosta ou se isolar das pessoas que lhe são queridas só irá lhe fazer sentir pior. Pode ser que esse momento desagradável de frustração seja justamente para você reavaliar sua vida e tudo que vem fazendo. Valorizar as pessoas e coisas boas que tem e abrir mão do que não está sendo bom.

 

5 – PROCURAR NOVAS OPÇÕES

 

A frustração pode ser um sinal de que suas escolhas não estão alinhadas com sua essência e aquilo que lhe faz bem. Quando os resultados não estiverem saindo como esperados e você estiver se sentido perdido, ao invés de deixar de se deixar levar, assuma o controle da sua vida e crie novas possibilidades. Siga em frente e procure novos objetivos e desafios. Conheça diferentes pessoas, respire novos ares, leia diferentes livros, saia um pouco da sua zona de conforto. Invista sempre naquilo que lhe faz bem para que isso se torne a sua rotina.

 

Infográfico - 5 Dicas para lidar com a frustração

 


Gostou? Compartilhe o texto pelas redes sociais :)