A vida é uma constante evolução, algo sempre está mudando e nos colocando em situações diferentes. Existem pessoas que se deixam levar e não assumem a própria vida e as mudanças positivas que podem realizar. Outros percebem o potencial que têm para mudar a própria realidade e se tornam as pessoas que costumamos admirar.

Quem nunca quis mudar de vida? É normal e saudável querer melhorar de vida. O que cada pessoa considera como melhor pode variar bastante. Mas existem certos hábitos que se forem adquiridos geram melhoria na vida de qualquer um. Por isso, apresento nesse texto 10 hábitos para melhorar a sua vida.

Pode ser que você ache difícil colocar em prática todos esses hábitos. Mas não deixe isso lhe impedir de começar. Adquirir um hábito novo é uma prática que requer certa persistência até que seja assimilado na rotina. Escolha um e outro que são mais fáceis de aplicar e comece a mudar sua vida a partir de agora.

 

1 – Planejamento

 

O hábito de se planejar pode facilitar muito a sua vida. A partir do momento que você tem um plano de como agir em cada situação não perde mais tempo com ações que não irão agregar aos seus objetivos. O planejamento também ajudar a ter melhores resultados uma vez que você age consciente do que está fazendo e do que quer obter.

O planejamento pode ser feito para pequenos e grandes objetivos. Mesmo as tarefas que você irá desempenhar na sua semana podem ser planejadas. Procure entender o que pode se beneficiar de um bom planejamento e o que não há necessidade. Cuide para não se perder no planejamento esquecendo de colocar os planos em prática.

 

2 – Clareza com as prioridades

 

Saber o que é importante para você é fundamental para conseguir direcionar a sua vida de forma adequada. Seja algo dentro do seu dia, o que vai vestir, comer, fazer, etc. Assim como os seus maiores objetivos de vida.

Ao se acostumar em entender o que é e o que não é prioridade, você pode organizar melhor a sua rotina. O seu planejamento se torna mais fácil e os resultados que você irá alcançar serão aqueles que farão mais diferença na sua vida.

O que você gosta, o que você precisa, o que lhe faz bem, o que você deseja alcançar? São diversas perguntas que precisam de resposta para ter claro o que realmente importa para você. Esse entendimento que lhe dará a clareza necessária para definir suas prioridades poderá ser facilitado ao exercitar o próximo hábito da lista.

 

3 – Desenvolvimento pessoal

 

A base do desenvolvimento pessoal é o autoconhecimento, esse maior conhecimento de si mesmo deixará mais claro para você o que lhe faz bem e o que não faz. Mesmo que você ache que se conhece bem o suficiente, ao se dedicar ao autoconhecimento descobrirá que isso não é verdade. Todos temos muito a conhecer de nós mesmos.

Para muitas pessoas buscar o próprio desenvolvimento parece complicado e distante da sua realidade. Porém, o hábito do aperfeiçoamento pessoal pode ser mais simples do que parece. Pode ser alcançado de diferentes formas, como na leitura de livros, estudos, pratica da meditação, yoga, terapia e outras atividades direcionadas a sua melhoria.

O primeiro e mais importante passo para iniciar o desenvolvimento pessoal é querer. Se você realmente quiser se desenvolver é só buscar por isso e começar a colocar em prática ações que mudem a sua vida. Como esses 10 hábitos para melhorar a sua vida.

 

4 – Cuidados com seu corpo

 

Somente uma mente desenvolvida e saudável não é suficiente para se ter uma vida equilibrada e feliz. A base para tudo que fazemos é o nosso corpo e ele necessita de alguns cuidados para se manter bem.

Praticar algum tipo de atividade física é importante. Procure algo que lhe dê prazer ou que seja mais fácil de praticar. Só não fique deixando para depois, a procrastinação está sempre à espreita. Quando se trata de atividades físicas é comum ficar apenas no planejamento e esquecer da ação.

Os cuidados com o corpo vão além das atividades físicas e incluem a alimentação, acompanhamento periódico da saúde junto ao médico, evitar ingerir substâncias prejudiciais, dormir adequadamente e respeitar seus limites.

Cuidados não essenciais, mas que podem ajudar no seu bem-estar e autoestima também podem ser considerados. Como o uso de cremes e loções para cuidar da pele, perfumes, estar bem vestido para determinada ocasião, fazer massagem ou ouvir uma boa música. Tudo isso irá influenciar de alguma forma no seu organismo e pode lhe fazer bem.

 

5 – Eliminar o que não faz bem

 

Ter apenas os melhores hábitos e só fazer aquilo que nos faz bem pode ser um bom ideal, mas está longe da realidade das pessoas. O jeito de ser perfeccionista não é saudável e ter o objetivo de só fazer as coisas mais adequadas sem espaço para errar é garantia de frustração e sofrimento.

Se a busca pela perfeição não é realista, a melhoria constante é. Sempre existe algo para melhorar. Procure por hábitos, situações, pessoas, lugares e tudo mais que pode não lhe fazer bem. Para deixar isso bem claro você pode fazer uma lista começando pelas coisas que mais lhe fazem mal.

Ao tornar essa eliminação do que não lhe faz bem um hábito você se manterá constantemente evoluindo e melhorando a sua vida. Acrescentar algo positivo no lugar daquilo que não lhe faz bem ajuda na adaptação. Tenho certeza que você já tem em mente algumas coisas que deseja mudar. A hora de começar é agora!

 

6 – Eliminar os excessos

 

Quando se sente falta de algo, como carinho, atenção, respeito ou qualquer outro sentimento que possa criar uma sensação de vazio acabamos buscando suprir essa falta com algo diferente. Muitas vezes a tentativa de acabar com o sentimento de vazio é feita no consumo. Seja de alimentos, roupas, acumulando objetos e compras em geral.

Coisas nunca irão suprir a falta de um sentimento. Os excessos só criam novos problemas e deixam mais difícil a tarefa de entender aquilo que está lhe incomodando de verdade.  

Procure eliminar o que não for necessário e não melhora a sua vida. Pode ser que você tenha roupas em excesso, pode ser que você desperdice ou consuma comida em excesso ou esteja acumulando objetos que nunca usou. Seja o que for que esteja ocupando espaço sem uso ou necessidade, procure eliminar e deixar sua vida mais leve.

 

7 – Exercitar a comunicação

 

Por mais independentes que sejam as pessoas precisam umas das outras. Ter boa comunicação contribui para o crescimento pessoal e proporciona um melhor convívio junto as outras pessoas. Antes de uma boa fala sempre há pensamentos bem construídos e selecionados para exprimir da melhor maneira a mensagem a ser dita.

Uma mente afiada fica bem acompanhada de uma boa dicção e de uma boa adaptação daquele que fala com o público ao qual está se expressando. Se você tem problemas em se fazer compreender pode ter dificuldades em atingir seus objetivos e ainda ser mal interpretado.

Uma boa comunicação vai além da fala e inclui outros requisitos como as expressões e posturas usadas, escuta ativa, objetividade e inteligência emocional. Se você nunca deu muita atenção para a sua comunicação, está na hora de mudar isso. Faça da sua comunicação uma aliada para melhorar a sua vida.

 

8 – Parar de reclamar

 

Um dos hábitos mais comuns e destrutivos que o ser humano cultiva é o de reclamar. Nós reclamamos se está quente, se está frio, se é noite queremos que seja dia, se alguém não faz o que queremos e tantas outras coisas. A lista de possíveis reclamações não tem fim.

A melhor dica que posso dar em relação a reclamar é não tente encontrar justificativas, não se apoie em desculpas, simplesmente pare com isso. No começo será mais difícil e o impulso de reclamar sempre estará latente. Mas à medida que você se acostuma a procurar soluções e perceber as coisas boas tudo se torna melhor.

Se você começou a prestar atenção na sua fala para melhorar a sua comunicação, faça isso para começar a eliminar as reclamações. Sinta-se bem toda vez que conseguir perceber as coisas por um ângulo mais positivo e construtivo. Procure sempre uma solução ou um novo caminho. Só não se deixe estagnar e virar um reclamão.

 

9 – Momentos para si mesmo

 

O que seria da vida se não tivéssemos momentos só nossos? Isso é algo que muita gente pode responder. Já que não é todo mundo que consegue dedicar um tempo para si mesmo. Em meio a correria e a pilha de tarefas que vão acumulando, muitas pessoas apenas vão sobrevivendo sem cuidarem de si mesmas.

Momentos de autocuidado, dedicar um tempo para fazer algo que se gosta são essenciais para se manter o equilíbrio e o bem-estar. Se você não está dando a devida atenção a si mesmo preste atenção a isso. Se deixar de lado costuma ter um preço bem alto a pagar.

Mesmo que a sua rotina seja intensa e cheia de afazeres, comece a priorizar a si mesmo e dedicar momentos, mesmo que pequenos, para atividades que lhe façam bem.

 

10 – Viva o momento

 

Viver pensando no futuro te conduz a ansiedade, assim como viver agarrado ao passado pode te levar a depressão. A vida acontece no agora e tudo fora desse momento, como planos, objetivos, lembranças, aprendizados, devem estar alinhados a quem você é e aquilo que quer no momento presente.

Não espere por algo especial para celebrar a sua vida no hoje. Tenha um olhar mais positivo sobre a vida e procure motivos para agradecer. Ao se desapegar das reclamações, vitimismo e comparação com os outros você poderá encontrar vários motivos para ser grato e comemorar sua vida a cada momento.

Rodrigo Poiesis